image text

Residência WP

Sede MTV

Sofás PK1 + PK2
PROJETO PREMIADO PELO GERMAN DESIGN AWARD



CONCEITO



O escritório tem como objetivo a concepção de espaços arquiterônicos que interagem com a contemporaneidade: uma
arquitetura que é concebida agregando características atuais da sociedade.
Dessa maneira cria-se uma comunicação efetiva entre projeto e usuário.



image text

Paulo Kobylka



Paulo Kobylka é arquiteto e urbanista com escritório sediado na cidade de Londrina, norte do Paraná. Formou-se na Universidade Estadual de Londrina em 2006, com seu trabalho de conclusão de curso selecionado para a premiação Opera Prima 2007. Logo após a graduação, passou a integrar o corpo técnico da Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Físico da Universidade Estadual de Londrina, onde atuou em conjunto na elaboração de projetos para a universidade, tais como blocos de salas de aula e laboratórios de pesquisa e ensino. Em 2010, a fim de expandir sua área de atuação, montou escritório próprio, com foco em arquitetura residencial, comercial e design. Em seus projetos, explora sua criatividade ao repensar conceitos pré-existentes e unir inovação e funcionalidade, inspirando-se em referenciais estéticos contemporâneos de áreas diversas, como design, fotografia, moda e música.




PUFE
PUFE
Click no icone de informação acima


PUFE

A ideia original veio da grande utilidade que uma única almofada possui. Se uma simples almofada pode ser usada de diferentes maneiras, e um conjunto delas?

O projeto empilhou essas almofadas, amarrou-as com cinto e colocou-as sobre rodas. A proposta é maximizar as possibilidades de uso de um conjunto de almofadas.

Os pufes podem ser desmembrados e reorganizados conforme a necessidade do uso. Ideal para ambientes que precisam de versatilidade e mobilidade.

O módulo menor de almofadas possui 60x60cm e o maior 60x120cm. Cada parte do pufe é empilhada e envolta por cintos em couro que, além de manter as almofadas organizadas, servem de alças para levar os pufes em qualquer direção.

Os rodízios possuem freios, isso possibilita o uso quando há a necessidade que permaneçam imóveis.


RESIDÊNCIA WP
RESIDÊNCIA WP
Click no icone de informação acima


RESIDÊNCIA WP

Situação: Estudo
Local: Londrina-PR
Data: 2012
Área: 256m²
Arquitetura: Paulo Kobylka
Fotos: GR Lima e PK

A residência WP tem como inspiração a ocupação urbana em áreas de grandes declives.

A ideia inicial considerou o programa da casa disposto em um único espaço. Uma laje única abrigaria as diferentes funções da residência. Isso exigiria um volume muito grande de estrutura para sustentar uma grande laje acima do terreno, ou então a mesma laje poderia estar rente à topografia, mas para isso o terreno teria que ser modificado, recortado, aparado por arrimo.

Partimos então para análise da área em que se encontrava o terreno. Estávamos à procura de uma sugestão do próprio contexto para o nosso problema. Algo que pudesse ser genuíno.

O terreno se insere em um bairro central da cidade de Londrina, de topografia bem acidentada, caracterizado por grandes ladeiras. As curvas de nível dessa área convergem para um grande platô arborizado, abaixo do nível das casas ao redor, uma espaço público onde desenvolve-se atividades físicas e culturais. Ali existe Uma grande concha acústica em concreto onde há apresentações artísticas e musicais. A plateia assiste as apresentações de uma grande arquibancada ao ar livre. Essa arquibancada foi implantada estrategicamente em uma área em declive do terreno. Assim o próprio contexto topográfico incorporou a função da arquibancada.

Foi assim que decidimos projetar a residência. Edificar e interferir o mínimo na topografia. Aliás, permitir que o próprio terreno sugerisse a espacialidade da residência.

A arquibancada então seria nosso partido arquitetônico. Cada degrau da arquibancada seria um ambiente, ou uma função da residência.

Cada ambiente é formado por patamares de estrutura metálica e madeira, ligados entre si por pequenos lances de escada.

A estrutura da cobertura, também metálica, envolve todos os ambientes e cria gradientes de intimidade à medida que os pisos se distanciam da cobertura. O quarto fica no piso mais próximo da cobertura, menor pé direito da casa, e no nível mais alto no terreno.

De dentro da casa é possível avistar a densa vegetação circundante e a estrutura da concha acústica. O contexto que gerou a casa é visto de todos os ambientes.


SOFÁS PK1+PK2
SOFÁS PK1+PK2
Click no icone de informação acima


SOFÁS PK1+PK2

PROJETO PREMIADO PELO GERMAN DESIGN AWARD

SPECIAL MENTION
Home and Decoration - Excellent Product Design

A inspiração dos sofás ‘PK1’ e ‘PK2’ vem dos elementos estruturais em concreto, presentes na arquitetura de edifícios.
O desenho propõe linhas simples, puramente estruturais: a estrutura do sofá é exatamente aquilo que dá a forma final dele.
Assim como uma laje suspensa de um edifício, o sofá ‘pk1’ possui parte do seu assento em ‘balanço’.
Os sofás são formados basicamente por três volumes principais: base, encosto e assento. Os “desencontros” de cada uma dessas partes geram pequenos espaços para abrigar objetos de decoração.
As duas peças podem ser usadas em conjunto: os sofás se encaixam em suas extremidades e formam um grande volume em “L”.
Os sofás foram revestidos de lona cinza para fazer referência às peças estruturais de concreto aparente de um edifício.
Fotos: Renan Klippel
Veja mais


COZINHA
COZINHA
Click no icone de informação acima


COZINHA

Situação: Concluída
Local: Rolândia-PR
Data: 2012
Área: 30m²
Arquitetura: Paulo Kobylka
Fotos: Renan Klippel


ESCRITÓRIO PK
ESCRITÓRIO PK
Click no icone de informação acima


ESCRITÓRIO PK

Situação: Concluída
Local: Londrina-PR
Data: 2010
Área: 35m²
Arquitetura: Paulo Kobylka
Fotos: Renan Klippel


TAPETE DOMINGO DO PARQUE
TAPETE DOMINGO DO PARQUE
Click no icone de informação acima


TAPETE DOMINGO DO PARQUE

O tapete “Domingo no Parque” foi concebido através da pixelização de uma imagem. Esse processo possibilita a criação de peças sempre únicas e pessoais.


LAVABO
LAVABO
Click no icone de informação acima


LAVABO

Projeto vencedor do 17° Prêmio Deca Um Sonho de Banheiro – Categoria Residencial – Região Sul
Situação: Obra concluída
Local: Rolândia-PR
Data: 2012
Área: 4,20m²
Arquitetura: Paulo Kobylka
Fotos: Renan Klippel

O acesso ao térreo da casa a partir do jardim coincide com o lavabo: um espaço antes enclausurado, pequeno, marcado por uma entrada discreta. Para a reforma desta casa, sugerimos o lavabo como um espaço que, ao invés de ser reposicionado para um lugar mais velado, realçasse e destacasse a entrada. Para as “boas vindas” da casa foi projetado um lavabo que, apesar das dimensões reduzidas, amplia o espaço e a circulação entre os principais ambientes do térreo. Painéis amadeirados formam um único elemento estético-funcional que, ora rente à alvenaria, ora distante dela, delimita os espaços de lavatório e bacia, ao mesmo tempo que acomoda a iluminação difusa embutida.


MESA PK3
MESA PK3
Click no icone de informação acima


MESA PK3

Mesa quadrada, 150x150cm. Tampo em compensado naval laminado e estrutura metálica com pintura eletrostática.
Fotos: Renan Klippel
Edição: Paulo Kobylka


VILA K
VILA K
Click no icone de informação acima


VILA K

Situação: Estudo
Local: Rolandia-PR
Data: 2011
Área: 680m²
Arquitetura: Paulo Kobylka
Fotos: GR Lima e PK


RESIDÊNCIA MM
RESIDÊNCIA MM
Click no icone de informação acima


RESIDÊNCIA MM

Situação: Estudo
Local: Ibiporã-PR
Área: 22,434m²
Arquitetura: Paulo Kobylka
Fotos: GR Lima e PK


SEDE MTV BRASIL
SEDE MTV BRASIL
Click no icone de informação acima


SEDE MTV BRASIL

Data: 2006
Arquitetura: Paulo Kobylka
Foto: GR Lima e PK
*Projeto participante do concurso Ópera Prima


CAFÉ
CAFÉ
Click no icone de informação acima


CAFÉ

Situação: Estudo
Local: Mercado Sangri-la - Londrina
Data: 2009
Área: 30,16m²
Arquitetura: Paulo Kobylka, Lucas Melchiori
Fotos: GR Lima e PK


CLÍNICA OFTALMOLÓGICA
CLÍNICA OFTALMOLÓGICA
Click no icone de informação acima


CLÍNICA OFTALMOLÓGICA

Situação: Projeto Finalizado
Local: Rolândia
Data: 2011
Área: 22,55m²
Arquitetura: Paulo Kobylka
Foto: GR Lima


HOTEL
HOTEL
Click no icone de informação acima


HOTEL

Data: 2005
Arquitetura: Paulo Kobylka, Pedro de Faria, Renan Klippel
Fotos: Raphael Lima

O projeto foi concebido tomando como diretriz a interação e sobreposição dos programas estabelecidos para esse hotel: público e privado.

A intenção é adicionar ao trajeto do hóspede uma área coletiva e convidativa. Propomos a inter-relação nas atividades humanas, minimizando o caráter introspectivo das relações da contemporaneidade.


RESIDENCIAL FITA
RESIDENCIAL FITA
Click no icone de informação acima


RESIDENCIAL FITA

Data: 2005
Arquitetura: Paulo Kobylka, Pedro de Faria, Rafael Negrini, Renan Klippel
Fotos: Rafael Negrini
*Projeto premiado: Iniciativa Solvin 2005 - Arquitetura Sustentável
*Publicação: Iniciativa Solvin 2005 - Arquitetura Sustentável

O projeto tem como objetivo democratizar a arte em um ambiente que favoreça a interatividade. Para tanto, optou-se por um projeto que possuísse uma leitura de público (centro cultural) e privado (residencial) com sutis gradientes de privacidade, em que predominasse a percepção de unidade.

A ideia principal é manter uma unidade no conjunto habitacional, e acomodar no mesmo projeto programas variados sem perder a leitura do conjunto como único.

A partir disso, surge a deia da fita, que com “movimentos” formam espacialidades específicas que abrigam cada função do programa. Uma fita única constitui todo o complexo.


TEATRO MUNICIPAL DE LONDRINA
TEATRO MUNICIPAL DE LONDRINA
Click no icone de informação acima


TEATRO MUNICIPAL DE LONDRINA

Situação: Projeto participante do Concurso Nacional para o Teatro Municipal de Londrina
Local: Londrina
Data: 2007
Arquitetura: Paulo Kobylka, Lucas Melchiori, Olívia Orquiza, Pedro de Faria, Renan Klippel, Rubens Plácido Júnior

O teatro municipal de Londrina se apresenta como símbolo maior de um novo período de mudança, onde os conceitos e preocupações sociais devem ser repensados segundo paradigmas humanísticos legitimados pelo atual momento da história. Essa ruptura, que se dá sob o selo do incentivo cultural, exige uma imagem equivalente. Um ícone de decodificação singular, de fácil apreensão e grandes possibilidades de reinvenção. O teatro, assim se apresenta como representação da ruptura na ordem vigente através da reavaliação e revalorização da produção cultural local: um prisma singular, cúbico, que insere dentro dele toda a complexidade inerente à constituição de nossa cultura.


ESCOLA PRIMÁRIA
ESCOLA PRIMÁRIA
Click no icone de informação acima


ESCOLA PRIMÁRIA

Data: 2003
Fotos: GR Lima e PK


EDIFÍCIO COMERCIAL
EDIFÍCIO COMERCIAL
Click no icone de informação acima


EDIFÍCIO COMERCIAL

Data: 2004
Fotos: GR Lima e PK


CLÍNICA
CLÍNICA
Click no icone de informação acima


CLÍNICA

Situação: Projeto Finalizado
Local: Campo Mourão
Data: 2010
Área: 128,64m²
Arquitetura: Paulo Kobylka, Daniella Taki
Foto: Raphael Lima


CASA IDEAL
CASA IDEAL
Click no icone de informação acima


CASA IDEAL

Data: 2005
Fotos: Raphael Lima e PK


ADEGA HAUS INNEN 2009
ADEGA HAUS INNEN 2009
Click no icone de informação acima


ADEGA HAUS INNEN 2009

Situação: Obra concluída
Local: Exposição de Interiores "Haus Innen - Londrina"
Data: 2009
Área: 14,46m²
Arquitetura: Paulo Kobylka, Juliana Fahl
Fotos: Olívia Orquiza


Fale Conosco


Fone:
43 3037 2939

Click no email abaixo para enviar sua mensagem:
paulo@paulokobylka.com.br

Endereço:
Av. Santos Dumont 500 sala 401
86039-090 Londrina-PR